Brexit: Sem mudanças até ao final de 2020!

GLS_Stage_Brexit

A 31 de janeiro de 2020 o Reino Unido deixará a União Europeia. A partir desta data, o Reino Unido não fará parte dos países membros da União Europeia. Contudo, haverá um período de transição até ao final de 2020 de circulação de mercadoria entre a Europa e o Reino Unido. A situação aduaneira do Reino Unido após este mesmo período dependerá das negociações e acordos que ainda estão a ser estabelecidos com a Europa. . Uma das possibilidades poderá estar no enquadramento do Reino Unido como terceiro país no ponto de vista europeu. Se tal acontecer, a circulação de bens e o envio de encomendas entre a Europa e o Reino Unido passarão a ter supervisionamento aduaneiro a partir do dia 1 de janeiro de 2021.

A GLS é o parceiro de confiança dos clientes para entregas de encomendas na Europa e no mundo. É por isso que os clientes da GLS confiam nos processos sem complicações existentes de importação e exportação, inclusive os que requerem despacho aduaneiro. A GLS continuará a dar aos seus clientes um amplo suporte para os seus envios e entregas no Reino Unido a partir de 2021.As suas encomendas estão em boas mãos com a GLS!

Brexit

Alfândega- GLS conta com a experiência

A GLS, por muitos anos, tem sido um parceiro fiável para entregas de encomendas por toda a Europa e no mundo. O prestador de serviços de encomendas encontra-se capacitado de utilizar processos existentes e provados que facilitem a importação e exportação, incluindo as entregas que requerem despacho alfandegário.

Como subsidiária do Grupo Royal Mail do Reino Unido, a GLS desfruta de oportunidades especiais com um amplo suporte para oferecer aos seus clientes que irão enviar para o Reino Unido. Para além disso, a GLS preparou uma série de medidas para se prevenir do pior cenário possível, incluindo a transição de sistemas IT, ajuste de procedimentos operacionais, contratação de novos colaboradores para a área alfandegária e formação aos seus colaboradores na área comercial.

O serviço fora da UE

Em geral, ainda existem questões pendentes relativamente à regulamentação alfandegária após o Brexit. Iremos mantê-lo atualizado com os últimos desenvolvimentos. As empresas exigem o número de Sistema de Identificação e Registo dos Operadores Económicos (EORI) para os países fora da União Europeia. Para obter este número terá que ser submetido pela autoridade alfandegária de Portugal. A GLS está neste momento a preparar várias opções para o despacho alfandegário a fim de se adaptar às necessidades do destinatário. Como padrão, as exportações do Reino Unido podem usar o despacho individual ou coletivo para as mercadorias comerciais.

Em todo o caso: A exportação dos nosso clientes para o Reino Unido estarão sempre em boas mãos com a GLS!