Data Protection GLS Portugal

Neste site, a GLS Portugal informa sobre a recolha e posterior processamento de dados pessoais para fins de entrega de encomendas.

I. Identidade e detalhes de contacto do controlador e Gerente de Protecção de Dados do país

A seguinte informação é válida para a GLS Portugal, responsável pela recolha e processamento de dados pessoais na GLS Portugal (Controladora):

GLS SPAIN S.A
Miguel Angel Sanz Hernansanz.
protecciondatos@gls-spain.es ,

Se pretende entrar em contacto com o Director de Protecção de Dados por favor use o endereço de email protecciondatos@gls-spain.es . Se pretender entrar em contacto connosco via email não encriptado por favor note que a confidencialidade das informações transmitidas não pode ser garantida. Os emails não encriptados podem ser lidos por terceiros não autorizados.

Pode entrar em contacto com a GLS enviando uma carta por escrito ao Gerente de Proteção de Dados da GLS Portugal.

Data Protection Manager of GLS “Spain & Portugal”,
GLS “Spain & Portugal”
Av. Fuentemar 18, 28823 Coslada Madrid.

España

II. Informação geral

1. Dados pessoais

Dados pessoais incluem informações sobre circunstâncias pessoais ou factuais de uma pessoa individual específica ou determinável. Isso inclui, por exemplo, informações como nome, morada, número de telefone e endereço de e-mail.

Informações que não podem ser vinculadas a um indivíduo específico ou determinável - como dados estatísticos - não são considerados dados pessoais.

2. Lei de Protecção de Dados aplicável e Compromisso de sigilo de dados

Todas as entidades GLS localizadas dentro dos países da UE estão sujeitas aos regulamentos do Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) e outras leis nacionais relevantes de protecção de dados.

A GLS Portugal presta serviços postais ao público ou contribui para a prestação de tais serviços e é obrigada a cumprir os regulamentos de sigilo postal. Todos os funcionários da GLS Portugal comprometem-se, pela assinatura, a aderir ao sigilo de dados e ao sigilo postal.

3. Segurança da informação

Por meio de medidas de segurança técnica e organizacional, as empresas GLS fazem o possível para proteger os dados pessoais de perda ou uso indevido. Os dados pessoais são processados somente em sistemas que são protegidos por medidas de segurança apropriadas, de acordo com as Políticas de Segurança Informática da GLS. A GLS modificará as medidas de segurança e protecção de dados, tanto quanto necessário, à luz do progresso tecnológico.

III. Dados da expedição e destinatários

1. Categorias de dados, finalidades de processamento de dados e base legal

Para a execução de serviços de encomendas e, portanto, cumprir o contrato com seus clientes (expedidores), incluindo entrega do volume, pagamento de serviços, pagamentos de impostos, gestão de reclamações, medir a qualidade das entregas por estática, resolver questões sobre rastreamento de volumes, reconhecimento de recepção, A GLS Portugal precisa dos dados do expedidores (detalhes do endereço e detalhes de contacto, informações de pagamento e outros dados contratuais relevantes de acordo com os serviços solicitados pelo expedidor) bem como dados do destinatário (nome, morada, código postal, cidade, país, opcionalmente, número de telefone e endereço de e-mail).

Os dados dos destinatários transferidos para as empresas GLS, bem como a documentação de interface (“scans” dos volumes em diferentes locais) e o comprovativo de entrega (POD) pode ser processado e registado por várias subsidiárias da GLS. A GLS utiliza dados da expedição e dados dos destinatários apenas para o cumprimento das suas obrigações contratuais. Qualquer outro uso não é permitido.

Em alguns casos, podemos processar dados havendo consentimento do seu processamento, necessários para a execução de um contrato do qual o titular dos dados é parte ou para tomar medidas a pedido do titular dos dados antes de celebrar um contrato; ou devido ao nosso interesse legítimo (em particular com relação aos seguintes propósitos: verificações de solvência, programa de Compliance).

2. Responsabilidade

O cumprimento dos regulamentos estatutários aplicáveis sobre protecção de dados é um dever de cada empresa GLS. A transferência de dados por um expedidor para uma empresa GLS não é um processamento de dados em nome de outros.

Serviços adicionais como o FlexDeliveryService e o ShopDeliveryService exigem que o endereço de e-mail ou número de telefone do destinatário o informe sobre o status da entrega das encomendas. As empresas GLS recebem o número de telefone e / ou endereço de e-mail do expedidor que solicitou esses serviços adicionais. O expedidor também é responsável pela recolha adequada desses dados e, em particular, pelo consentimento do destinatário para a transferência de seu endereço de e-mail e / ou número de telefone para a GLS.

Se tiver dúvidas sobre este procedimento, entre em contacto com o seu parceiro contratual (expedidor). Você também poderá expressar o seu não consentimento para o "País" da GLS. Neste caso, por favor, use os detalhes de contacto do Gerente de Protecção de Dados desse Portugal . Se pretende entrar em contacto conosco via e-mail não encriptado, por favor, note que a confidencialidade das informações transmitidas não pode ser garantida. Os e-mails não encriptados podem ser lidos por terceiros não autorizados.

Pode também entrar em contacto com a GLS enviando uma carta por escrito ao Gerente de Protecção de Dados da GLS Portugal

3. Partilha de Dados e Destinatários

Geralmente, apenas o expedidor e o destinatário de uma encomenda têm o direito de receber informações sobre a mesma. A GLS fornece informações sobre encomendas a terceiros (por exemplo, autoridades governamentais) apenas com base em regulamentos estatutários.

As empresas GLS não venderão nem emprestarão dados pessoais a terceiros. No entanto, existem certas circunstâncias em que a GLS pode partilhar seus dados pessoais sem aviso adicional. Partes que podem receber seus dados incluem:

Subsidiárias e contratadas da GLS noutros países da UE ou fora da UE para efeitos de entrega de encomendas do expedidor para o destinatário.

  • Terceiros afiliados ou não afiliados que estão sob contrato para executar serviços para ou em nome da GLS (Processadores), em particular prestadores de serviços informáticos, a GLS Portugal concluiu contratos de protecção de dados apropriados com essas partes.
  • Outras pessoas ou organizações, conforme permitido pela lei ou regulamento aplicável.
  • Agentes e agências encarregados da aplicação da lei com a finalidade de atender aos requisitos de segurança nacional ou como parte de um processo legal para proteger nossa propriedade ou para investigar uma violação das regras e políticas da GLS, acesso não autorizado ou uso do equipamento da GLS ou qualquer outra atividade ilegal

4. Retenção e Eliminação

A GLS Portugal processa dados pessoais desde que seja necessário para o propósito para o qual nós os usamos. Determinaremos por quanto tempo manter os dados com base nos seguintes requisitos:

  • Requisitos operacionais: o tempo que a informação é necessária para fornecer os serviços.
  • Requisitos legais: por exemplo, onde a GLS Portugal precisa manter registos por um determinado período de tempo para cumprir a lei.

Os dados arquivados são gravados em meios de armazenamento acessível apenas para pessoal autorizado. Após o período de retenção legal ter expirado, os dados são excluídos.

IV. Direitos dos Titulares dos Dados, Retirada do Termo de Consentimento, Exercício dos Seus Direitos, Reclamação com a Autoridade de Protecção de Dados

1. Direitos dos Sujeitos de Dados

Você tem o direito de:

  • ser informado e ter acesso aos seus dados pessoais processados (Direito de ser informado e Direito de acesso de acordo com o Artigo 15 GDPR)
  • obter a correção de dados pessoais imprecisos (Direito à retificação de acordo com o Art. 16 do GDPR)
  • obter a exclusão de seus dados pessoais (Direito de apagar de acordo com o Art. 17 do GDPR)
  • restringir o processamento (Direito à restrição de processamento de acordo com o Artigo 18 GDPR)
  • receber seus dados pessoais fornecidos a nós (Direito à portabilidade de dados de acordo com o Artigo 20 GDPR)
  • objecção ao processamento de dados por motivos relacionados à sua situação particular com base em interesses legítimos ou no desempenho de uma tarefa de interesse público (Direito de objecção de acordo com o Art. 21).

-desde que os requisitos legais necessários sejam cumpridos.

2. Retirada do Termo de Consentimento

Caso tenha sido solicitado o seu consentimento para o processamento dos seus dados pessoais, tenha em atenção que tem o direito de retirar esse consentimento a qualquer momento no futuro, sem afectar a legalidade do processamento com base no consentimento antes da sua retirada.

3. Exercicio dos seus direitos

Se pretender exercer os direitos dos seus titulares de dados ou retirar um consentimento explícito, envie uma mensagem para o Gestor de Protecção de Dados da GLS Portugal explicando o direito que deseja exercer para que a GLS Portugal possa tomar as medidas adicionais necessárias para respeitar seus direitos.

Se pretender entrar em contato connosco via e-mail não encriptado por favor note que a confidencialidade das informações transmitidas não pode ser garantida. Os e-mails não encriptados podem ser lidos por terceiros não autorizados. Você também pode entrar em contato com a GLS enviando uma carta por escrito ao Gerente de Protecção de Dados da GLS Portugal .

Por favor esteja ciente de que podemos pedir uma prova de identificação, a fim de proteger suas informações contra o acesso não autorizado.

4. Direito de apresentar uma queixa

Tem o direito de apresentar uma queixa à autoridade de protecção de dados do seu país se acreditar que os seus direitos foram violados ( https://www.cnpd.pt/ )

V. Actualizações para esta informação de protecção de dados

A GLS Portugal pode, a seu exclusivo critério, actualizar essas informações publicando as informações alteradas neste site.

Esta informação foi actualizada em 25 Maio de 2018.